Viledon App
Freudenberg Filtration Technologies
Filtros automotivos

Troca regular do filtro

para uma proteção ideal

Filtros só podem continuar a oferecer a melhor proteção se forem regularmente trocados. O fluxo de ar é impedido pelo aumento da sujeira no decorrer da vida útil do filtro. O filtro de ar de cabine deve ser trocado conforme o intervalo de serviço apropriado. Em áreas com níveis mais elevados de poluição (por exemplo, áreas industriais ou aglomerações urbanas), trocas mais frequentes são recomendáveis, mesmo antes dos intervalos de manutenção programados.

Há uma demanda de filtros de ar de cabine durante todo o ano: da primavera ao outono, os pólens estão no ar; no verão, as altas concentrações de ozônio são uma ameaça; e no inverno, janelas ficarão embaçadas se a qualidade do ar dentro do veículo for baixa. Há muitas boas razões para a troca do filtro de ar da cabine em intervalos regulares.

Por que os filtros de ar da cabine devem ser trocados regularmente?
  • condições de higiene deterioradas
  • alterações de odor desagradáveis
  • problemas de saúde, como dores de cabeça e tonturas
  • o menor consumo de ar fresco leva à redução do desempenho do aquecimento e do ar condicionado

Lembre-se da trocar o filtro de ar da cabine regularmente, pelo menos uma vez por ano.

Informações gerais: Diretriz VDI 6032

O filtro de ar de cabine de um automóvel deve ser trocado após dois anos, no máximo. Condições climáticas e operacionais altamente estressantes, como dirigir na cidade, exigirão intervalos mais curtos entre trocas. Essas determinações são de uma diretriz (nº 6032) da Associação dos Engenheiros Alemães (VDI), que vem sendo emitida desde fevereiro de 2004. Um comitê honorário da VDI levou menos de dois anos para elaborar essa diretriz, que define especificações como requisitos de higiene e manutenção para sistemas de ventilação e tratamento de ar em automóveis. Basicamente, a VDI 6032 exige a instalação de filtros de ar de cabine em todos os automóveis. A Freudenberg Filtration Technologies foi a única fabricante de filtros a estar representada no comitê diretor. Os especialistas em filtros abrangentes forneceram informações especializadas ao comitê. 

Troca das proteções de filtro 

Dependendo do sistema de ventilação do automóvel, há diferenças em termos de uso do filtro: no caso de veículos com ar condicionado, a VDI exige a instalação de um filtro interior, um filtro combinado ou de partículas, para limpeza do ar exterior. Para sistemas de ventilação sem ar condicionado, a VDI recomenda enfaticamente a filtração do ar. O princípio geral é: operação de um sistema de ventilação não deve fazer com que a qualidade do ar piore. É por isso que, além dos requisitos de projeto para sistema de ventilação, é necessário instalar um filtro de ar de cabine.

A VDI 6032 especifica a eficiência mínima de coleta de partículas por filtros de ar de cabine. O alto desempenho do filtro assegura que uma grande proporção de partículas tenha sido removida do ar que chega ao interior do veículo. Além disso, o risco de sujar o equipamento é significativamente reduzido. Em termos de manutenção de filtros de ar de cabine e sistemas de ventilação, a VDI 6032 especifica os seguintes pontos de atenção especial: instalação segura e fácil do filtro de cabine por pessoal devidamente qualificado e treinado, além de limpeza eficaz e conveniente do canal de entrada de ar no veículo. Além disso, a data da última troca de filtro tem que estar documentada de forma visível. É necessário um projeto de filtro de cabine para garantir que a função de filtração não seja prejudicada por tensões mecânicas durante a instalação ou durante a operação. Essa estipulação é mais bem atendida por peças originais testadas e instaladas pelo fabricante do veículo em questão. 

Na presidência do Prof. Dr. Schata, diretor do Instituto de Pesquisa de Saúde e Higiene de Düsseldorf, a diretriz foi definida por representantes das indústrias automobilística, de construção naval, ferroviária e de ar condicionado. O Ministério da Educação e Pesquisa (BMBF) alemão e numerosas organizações acadêmicas, como o Instituto de Higiene e Pureza do Ar da Universidade Técnica de Berlim. Pode ser obtida com a editora Beuth Verlag, em Berlim.